Fique por dentro das notícias do IES

    A relação entre jogo reduzido, posse de bola e dinâmica do jogo.

    O termo “jogo reduzido” pode ser definido como um jogo modificado com manipulação das regras que visa a favorecer a ocorrência de um comportamento ou situação específica dentro da atividade. Nesta forma de treinamento é possível alterar as regras do jogo formal de diversas maneiras como: o número de jogadores, tamanho do campo, número de contatos com a bola, criação de zonas especiais e orientação para a equipe que tem a posse de bola, por exemplo.

    Cada alteração pode influenciar a dinâmica do jogo de diversas formas (por exemplo, a limitação no número de toques vai exigir indiretamente que ocorram mais desmarcações sem bola para o oferecimento de linha de passe), fato que torna muito importante ter consciência sobre a influência das mudanças propostas no andamento do exercício. Deste modo, este texto visa a discutir esta influência se concentrando sobre a manipulação do objetivo da equipe que tem a posse da bola.

    Os objetivos da posse de bola

    Basicamente, a equipe com a posse da bola pode ter três objetivos: manter a posse de bola, alcançar uma zona alvo do campo de jogo e finalizar a uma meta.

    Jogos de manutenção de posse de bola

    O objetivo de manutenção da posse bola não especifica nenhum alvo ou zona para ser atingida, a equipe com a bola só tem o objetivo de continuar com a posse. Em alguns casos, para motivar os jogadores de defesa a exercerem uma marcação mais intensa, pode-se estipular um número de passes para fazer o ponto (por exemplo, troca de 10 passes). Com este tipo de objetivo não ocorre diferenciação entre as zonas do campo, tornando todo o espaço de jogo importante. O primeiro impacto deste direcionamento é sobre o aspecto físico. Na literatura vários estudos verificaram que este tipo de atividade apresenta maior intensidade de esforço com relação aos outros tipos. Isto acontece porque a não diferenciação entre as zonas do campo indiretamente faz qualquer região ter forte marcação, aumentando os esforços para pressionar e roubar a bola e para se desmarcar sem bola.

    Já com relação aos aspectos técnico-táticos ocorrem duas tendências: aumento do número de ações e diminuição do estímulo para manipulação da circulação da bola (tanto do ritmo de troca de passes com na movimentação da bola). O aumento do número de ações vai decorrer do mesmo motivo para o aumento da intensidade.

    Leia também: Ex-goleiro da seleção brasileira de Futsal, Lavoisier exalta parceria entre IES e Carlos Barbosa Futsal – ACBF

    Leia também: Elaborando um bom plano de aula para treinos de Futsal e Futebol de Campo

    Leia também:  A importância da motivação do treinador na intensidade de treino dos jogadores

    Como toda região do campo vai sofrer forte marcação, vai ter a tendência da realização de mais desmarcações para oferecer opções de passes e mais ações de pressão e cobertura para tentar roubar a bola, ou seja, o jogo vai ficar ativo durante a maior parte do tempo. Entretanto, a não delimitação de zonas ou alvos a serem atingidos vai influenciar negativamente na manipulação da circulação da bola. Isto acontece pela homogeneidade do espaço de jogo, esta falta de diferenciação não estimula uma orientação para movimentação da bola, pois é permitido ir para qualquer lugar sem bonificação ou sanção. Somente em alguns casos, com equipes de nível alto, que pode ocorrer uma manipulação do espaço através da indução da circulação da bola para explorar a movimentação dos jogadores de defesa, com a criação de zonas de alta concentração de jogadores e movimentação da bola para os espaços vazios.

    Jogos baseados em zonas alvo

    A manipulação do espaço através da criação de zonas alvo consiste em selecionar regiões do campo em que a bola deve ser dirigida. Esta zona pode ser:

    Região de passagem (por exemplo, a bola tem que passar pelas laterais para que ocorra finalização)
    Região de marcação de ponto (como ocorre na modalidade de futebol americano).
    Indiretamente, estas zonas vão ser balizadoras da circulação da bola e vão influenciar significativamente a dinâmica do jogo. Isto vai acontecer porque com a seleção de zonas especiais, indiretamente vão ser criadas regiões mais importantes e regiões menos importantes. Deste modo a equipe que vai defender vai exercer maior marcação sobre as regiões alvo do que as outras.

    Este comportamento vai influenciar o ritmo do jogo (quando a bola circular por regiões distantes das zonas vai ter a tendência de ser um jogo menos intenso) e a direção de circulação da bola. Além disso, esta regra também pode influenciar bastante outros aspectos de marcação.

    A “conquista” das zonas alvos pode ser efetuada de duas maneiras: pela recepção de um passe ou por condução de bola. Desta forma, os jogadores de defesa vão se preocupar mais em defender os possíveis jogadores receptores (principalmente perto das zonas alvo) do que quem está com a bola, exceto quando este progride em direção à zona alvo. Em alguns casos, principalmente em iniciantes, este comportamento fica tão explicito que pode comprometer drasticamente a dinâmica do jogo. Pois todos os jogadores de defesa vão ficar marcando os jogadores sem bola perto das zonas delimitadas e vão “esquecer” de marcar a bola.

    Jogos baseados em finalização à meta

    A delimitação de uma meta a ser finalizada consiste em definir um local em que a bola deve transpor para obtenção do ponto (é a regra normal do jogo). Este tipo de orientação influencia a dinâmica do jogo em dois aspectos:

    Criação de zonas de grande marcação

    Maior preocupação com o homem que está com a bola, principalmente quando se encontra em condições de finalizar ao gol.
    As zonas de grande marcação vão se concentrar nas zonas próximas à meta. Como a região da meta costuma ser menor que os espaços delimitados (zonas alvos), a zona de grande marcação vai ficar em um espaço mais restrito. Está característica tende a diminuir a intensidade geral do jogo e também influenciar a forma de circulação da bola, principalmente com relação à penetração do sistema defensivo adversário. Porém, em contrapartida, ocorrerá uma preocupação maior com o homem portador da bola pela necessidade de impedir a finalização, isto vai obrigar a marcação a dividir atenção entre os receptores perto da zona de finalização e o portador da bola. Situação um pouco mais complexa que às anteriores.

    Conclusão

    Cada tipo de objetivo de ataque vai influenciar a dinâmica de jogo de uma forma específica, principalmente sobre a intensidade do exercício e a circulação da bola. Esta é uma regra poderosa para manipulação das ações dos jogadores e das situações do jogo, porém ela não é a única que controla a dinâmica do jogo. Assim, torna-se importante conhecer a influências das outras regras sobre o andamento dos exercícios para conseguir planejar treinamentos eficientes para o desenvolvimento de seus atletas.

     por Rene Drezner

    Graduado em Esporte pela Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo e Mestre na área de Esportes do programa de pós-graduação de Educação Física da Universidade de São Paulo, sendo o tema central de tese a “análise e modelagem do jogo no futebol”. Atualmente se prepara para o Doutorado. Foi Coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas de Futebol e Futsal (GEPEFFS) da Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo e na mesma instituição,membro do Grupo de Estudos do Desenvolvimento da Ação e, Intervenção Motora (GEDAIM).Além de sua alta capacitação acadêmica, traz a sua vivência profissional como analista de desempenho de equipes profissionais de futebol masculino de alto nível, preparador físico individual de jogadores de futebol profissional e coordenador de preparação física de equipes profissionais de futebol feminino de alto nível no Brasil, além de Técnico e preparador físico de equipes de categoria de base no futebol.

    logo ies gd bcIES - International Evaluation System
    Av. Rio Branco, 257 - Cj 902 - Centro
    200040-009 | Rio de Janeiro - RJ 

    Últimos Artigos no Blog

    24
    Set2019

    Nova parceira do IES, My Soccer Academy realiza primeiro evento de avaliação de desempenho utilizando a ferramenta

    O IES segue ganhando clientes e marcando presença em eventos de avaliação de desempenho de jovens at...

    19
    Set2019

    IES fecha mais uma parceria nos Estados Unidos

    O IES segue expandindo seus negócios pelo mundo, com foco no mercado dos Estados Unidos. O novo parc...

    O Aplicativo IES

    bt google store

    bt apple store

     

    © 2017 IES. Todos os direitos reservados.

    Busca no site