Fique por dentro das notícias do IES

    O papel da avaliação no sistema IES:

    O sistema IES se baseia no ciclo entre avaliação, recomendação e treinamento (e avaliação de como foi o treinamento). Neste ciclo a avaliação do desempenho tem um papel de destaque. A partir dela são desenvolvidos dois fluxos relacionados com aperfeiçoamento e classificação. Neste artigo vamos explicar como estes dois fluxos funcionam.

    Para começar vamos descrever a forma de como acontece a nossa avaliação. O nosso sistema se baseia na observação de especialistas. Dentro desta observação são utilizados 16 indicadores de desempenho para os jogadores de linha (indicadores técnicos, táticos, comportamentais e físicos) e mais três indicadores específicos para posição de goleiro. Cada indicador é avaliado através do desempenho em atividades de circuitos técnicos e mini jogos comuns no cotidiano do treinamento do futebol de base.

    O ponto central da avaliação é a forma como foi elaborada a escala de notas. A escala se baseia em faixa de notas que variam entre de 5 a 100. Em cada nota existe uma descrição de desempenho relacionada com a nota obtida. Deste modo, este tipo de avaliação permite atribuir uma nota quantitativa e uma descrição qualitativa sobre o desempenho apresentado. Esta combinação entre métodos quantitativos e qualitativos é um das formas de avaliação mais avançadas nos dias de hoje. E o sistema IES criou um método inovador para trabalhar este método de avaliação com cada parâmetro da nota alimentando um fluxo específico classificação e correção.

    A parte quantitativa vai alimentar o fluxo de classificação e posicionamento. Este fluxo é responsável por analisar os resultados quantitativos com a nossa base de dados. Com isso, além de propiciar uma comparação de desempenho entre os jogadores que fizeram a avaliação, é realiza uma comparação com a faixa de desempenho esperada para a idade. Esta relativização do desempenho (comparação com o esperado para a idade) vai permitir detectar os pontos fortes e fracos dos jogadores priorizando os pontos que têm a necessidade de serem aprimorados com mais urgência. Além disso, também possibilita observar os atletas que apresentam desempenho acima do esperado para a idade, sendo uma ótima ferramenta para detecção de futuros talentos da modalidade.

    Já a parte qualitativa vai alimentar o fluxo de correção. Este fluxo é responsável por sugerir exercícios específicos para o aprimoramento do desempenho. A partir da descrição do desempenho obtido na avaliação vão ser dadas recomendações dos pontos fundamentais que precisam ser desenvolvidos em cada quesito avaliado. Os pontos fundamentais vão orientar a proposição de exercícios para aprimorar o rendimento. E, por último, vai ser aplicado um questionário para saber como foi à interação entre atleta e treinamento. O objetivo deste fluxo é refinar o treinamento com a proposição de exercícios específicos às necessidades dos jogadores. É o estreitamento da relação entre avaliação e treinamento. Algo que o IES acredita que é fundamental para otimização do processo de formação dos jogadores.

    Espero que tenham gostado do nosso sistema de avaliação.

    Para conhecer melhor o nosso sistema é só entrar no nosso site.

    Nos vemos no próximo artigo.


     

    logo ies gd bcIES - International Evaluation System
    Av. Rio Branco, 257 - Cj 902 - Centro
    200040-009 | Rio de Janeiro - RJ 

    Últimos Artigos no Blog

    08
    Abr2021

    A relação entre os aspectos comportamentais e o desempenho no futebol

    Os jogos e treinamentos do futebol exigem muito do psicológico dos jogadores. Neste ambiente eles pa...

    08
    Abr2021

    A relação entre condicionamento físico e desempenho no futebol

    No jogo de futebol os jogadores percorrem grandes distâncias ao longo dos 90 minutos de partida. Est...

    O Aplicativo IES

    bt google store

    bt apple store

     

    © 2017 IES. Todos os direitos reservados.

    Busca no site