Fique por dentro das notícias do IES

    O ciclo PDCA para desenvolvimento individual

    Em textos anteriores foi mencionado que o processo de formação de um jogador de futebol poderia ser desenhado com base no método de gestão PDCA (planejamento, desenvolvimento, conferência e ação).

    A adaptação deste método ao futebol se daria sobre o ciclo semanal de planejamento dos objetivos, treinamento, jogo e análise do desempenho. Foi destacado também que um ponto crucial deste ciclo se concentra sobre a análise e avaliação de desempenho, que é o norteador do ajuste do processo, ou seja, uma forma de controle e correção. No nível individual, este ciclo ganha ainda mais importância, principalmente na relação entre planejamento, treinamento e avaliação de desempenho.

    O aspecto mais importante para potencialização da aprendizagem individual é que os parâmetros de referência sejam compatíveis nas três etapas básicas do processo (planejamento, treinamento e avaliação). Ou seja, que todos atuem sobre os mesmos indicadores de desempenho. Esta compatibilidade é construída com uma descrição de maneira clara e objetiva dos elementos chave que o jogador precisa dominar dentro de cada fundamento da modalidade. Isto permite definir os pontos prioritários a serem desenvolvidos, bem como se a intervenção planejada e treinada está sendo efetiva. Com isso, é criada uma meta ao longo de um período de tempo em que o jogador precisaria alcançar o objetivo almejado, sendo que este ciclo pode ser chamado de “bloco de treinamento''.

    O coração do bloco de treinamento é a avaliação de desempenho. A partir dela serão traçados os pontos principais que precisam ser aprimorados, assim como a forma e quantidade de treinamento utilizada dentro do bloco. Ou seja, cria-se um conjunto de uma avaliação somada ao número determinado de sessões de treinamento. Terminado este ciclo, é aplicada uma nova avaliação e se inicia um novo bloco.

    De modo geral, é recomendado que cada bloco tenha uma duração de três a quatro meses com um número de uma ou duas sessões de treinos por semana, formando assim um bloco com 10 a 20 sessões de treino. Afinal, não se pode esquecer que o bloco de treino vai se desenvolver junto com as atividades rotineiras do treinamento da equipe, devendo-se tomar cuidado para não sobrecarregar os jogadores.

    A individualização do treinamento é um dos pontos chave no sucesso da formação dos jogadores de futebol. Quanto mais objetivo e coerente for a intervenção, mais eficiente será o desenvolvimento dos jogadores e maior será a probabilidade de sucesso do trabalho. O planejamento do trabalho em ciclos como o formato PDCA é sem dúvida um ponto que pode potencializar o aprimoramento individual.

    Esta é uma alternativa que deve estar cada vez mais presente na rotina das instituições formadoras de talento.


     

    logo ies gd bcIES - International Evaluation System
    Av. Rio Branco, 257 - Cj 902 - Centro
    200040-009 | Rio de Janeiro - RJ 

    Últimos Artigos no Blog

    09
    Mar2022

    Aprenda como organizar um treino em circuito. Segunda Parte

    Colocamos aqui alguns pontos que acreditamos importantes na hora de montar o circuito: 1 – Um profes...

    09
    Mar2022

    Aprenda como organizar um treino em circuito. Primeira Parte

    O treino em circuito foi desenvolvido para que o máximo de crianças ou atletas pudessem realizar dif...

    O Aplicativo IES

    bt google store

    bt apple store

     

    © 2017 IES. Todos os direitos reservados.

    Busca no site