A variação da interação dos jogadores da seleção portuguesa na EURO 2016

    A avaliação da interação ofensiva entre os jogadores (análise de rede) é um dos métodos de análise mais utilizados nos dias de hoje. Basicamente, esta técnica contabiliza o número de passes entre os jogadores da equipe com informações sobre quem passou e quem recebeu além da porcentagem de sucesso nos passes.

    Com estes dados é possível observar a forma que os jogadores interagem entre si no momento ofensivo, destacando os jogadores chaves na distribuição do jogo com três medidas básicas: o que mais realiza passes; o que mais recebe passes; e o que mais participa da distribuição (somatório dos passes efetuados e recebidos), mais a quantificação da efetividade no sucesso dos passes efetuados.

    Banner escola

     

    Na literatura já são encontrados estudos que analisaram o perfil de uma equipe ao longo do campeonato, o perfil de interação nas situações de contra-ataque e nas situações de finalização. Contudo, a variação da interação entre jogos ainda foi pouco investigada.

    Pensando neste problema, Micael Couceiro (Faculdade de Motricidade Humana, Universidade de Lisboa, Portugal) e colaboradores realizaram um estudo para analisar a variação de interação dos jogadores da seleção portuguesa entre os jogos da EURO 2016.

    Clique e leia este artigo da Revista Brasileira de Futsal e Futebol de 2018


    logo ies gd bcIES - International Evaluation System
    Av. Rio Branco, 257 - Cj 902 - Centro
    200040-009 | Rio de Janeiro - RJ 

    Últimos Artigos no Blog

    09
    Mar2022

    Aprenda como organizar um treino em circuito. Segunda Parte

    Colocamos aqui alguns pontos que acreditamos importantes na hora de montar o circuito: 1 – Um profes...

    09
    Mar2022

    Aprenda como organizar um treino em circuito. Primeira Parte

    O treino em circuito foi desenvolvido para que o máximo de crianças ou atletas pudessem realizar dif...

    O Aplicativo IES

    bt google store

    bt apple store

     

    © 2017 IES. Todos os direitos reservados.

    Busca no site